O meu Despertar Espiritual 🙏



Em meados de 2017, um pouco antes,  foi o ano, do meu Despertar espiritual. Apesar do meu interesse por essa área, ser forte, desde sempre, no final das contas, eu deixava pra depois, e a vivia de maneira superficial, hoje percebo que me deixei levar, me distraí, com os acontecimentos do dia-a-dia, me afastando da espiritualidade, por muito tempo foi assim.  

Quando me perguntavam, da minha crença religiosa, eu sempre dizia, que era católica não praticante, mas que acreditava em Deus, em Jesus Cristo, independente de religião, e era a verdade, ainda é, pois não sigo religião, respeito quem segue, pena que as pessoas ficam tão dependentes dela, pra acreditarem em Deus, ou exercerem sua espiritualidade.

Obs.: Não tenho interesse em desestimular a adesão à uma religião, cada um sabe o que é melhor pra sí, ou tenta saber, enfim. Somente conto minha experiência, acho que é preciso enxergar além dela, não se ''prender'', pois homens são falhos, e religiões são feitas por homens. 

Exemplo: Há tantas pessoas, milhares! que vivem suas próprias experiências espirituais, reais, muito importantes e significativas, que fazem todo o sentido para elas, e que é similar a experiências de outras pessoas, que nem se conhecem, (não me refiro a experiências negativas, como de obsessão, magia negra e etc, o que, claro, é importantíssimo cuidar! 

Me refiro, a experiências positivas, que nos fazem bem, que nos ajudam a crescer espiritualmente, e que determinadas religiões não reconhecem. Simplesmente, ignoram e ''julgam'' como ''algo errado'', como se fôssemos os ''amaldiçoados'' da história, que devemos segui-las, para não vivermos aquelas experiências, reprimi-las, ainda que não nos sintamos bem, em paz com a gente mesmo.) Que vivamos exatamente, como as religiões ''pregam'', pois o que é real e considerável, é somente o que está no livro sagrado, e, me desculpe, não faz sentido esse raciocínio, pra mim. Há muitas controvérsias na Bíblia também, como no Antigo Testamento, enfim não tudo, mas há, pois há passagens muito importantes que guiam a humanidade para a luz.

Ok, deixe -me ser mais clara, vou tentar: Creio que tudo seja real na Biblia, como a parte Apocalíptica. Eu respeito de verdade, pessoas que pensam de outra forma, independentemente de qualquer coisa, pois entendo que respeito é a base de tudo, posso não concordar com uma determinada coisa, pessoa, ou situação mas respeito, não vou ofender, é desnecessário, e contrário ao que o Criador quer de nós, Amor e respeito ao próximo. Se o Amor verdadeiro, fosse prioridade na vida das pessoas, não o Amor de posse, que nós humanos sentimos, o mundo seria outra coisa, o verdadeiro paraíso, enfim, vamos aprendendo. 

O que quero dizer com "passagens contraditórias?'' Exemplo: "alguns textos" , como no Antigo Testamento, Deus ''parece''  ser tirano e vingativo, pode ser um erro de interpretação, pensar isso? pode, pois há diversas interpretações, e de acordo com as interpretações que tenho ouvido de muitos espiritualistas, que também fazem seus estudos, tem muito mais sentido, do que a divulgada pelas religiões, e essas, sinto muito, mas eu já descartei. Depois, soube que haviam outros livros, pensei: mas e os outros livros que foram excluídos? porque desconsiderados? e as traduções? São legítimas? Entendo que é difícil, sua interpretação, pela linguagem, tempo em que foram escritas, cultura da época e tudo mais, mas se passaram por tantas mãos, podem ter sido manipuladas, e porque nunca deixaram de forma clara a história da Biblia em sí? 


Se o Livro Sagrado viria a ser "seguido, meio que cegamente" por grande parte das pessoas no futuro, creio que pode ter havido sim segundas intenções, manipulações, "podando" assim o livre pensar e sentir das pessoas, como forma de controle das massas, como faz a mídia. Enfim, é polêmico? é! Nem por isso deixo de ler e tentar entender a Bíblia, gosto de alguns Salmos, tanto é que compartilho um deles aqui no layout do Blog, é a coisa mais linda, assim como certas passagens de Jesus.


Sinceramente, para mim, o que importa mesmo é o que, algo já me dizia, desde criança, que Deus, A Fonte, existia, bastava, é óbvio, (é ululante! como diz o professor Hélio💜), e a partir daí, é aprender, sem subestimar nossas próprias experiências, pensamentos e sentimentos, respeitando o próximo. 


E se fosse ''errado'', canalizar, ver espírito, ter mediunidade aflorada, não teria acontecido nada disso na vida de Chico Xavier que era puro Amor, e tantas outras milhares de pessoas, entre famosos e anônimos, pessoas que muitas vezes, nem pediram por essas vivências, simplesmente aconteceram, por que Deus permite, já que não cai, uma folha no chão sem o seu consentimento, pra mostrar que ''Há algo mais entre o Céu e a Terra, do que imagina nossa vã filosofia.'' (frase adaptada de Willian Shakespeare).



Sou de família católica, agora me considero espiritualista, e eterna aprendiz. Mas desde criança, eu Talita, já pensava muito em Deus, porque sempre fui muito introspectiva, de refletir sobre tudo, o tempo todo, e não somente sobre Deus, mas sobre mim mesma, meus pensamentos, meus sentimentos e ações. Digo pensar, e não falar, porque nunca fui de ficar falando muito 😆, minha família sabe, e era tanto esse pensar sobre Deus, que me questionei depois de adulta, se isso era normal para uma criança.


Hoje, entendo a importância da espiritualidade em nossa vida, que deve ser vivida em tempo integral, e não apenas em ''alguns'' momentos da nossa existência, como quando estamos enfrentando momentos difíceis. A espiritualidade real, é aquela que é incorporada em tudo, no dia-a-dia : estudo, trabalho, relacionamento, saúde física e energética principalmente, enfim nas ações diárias.



Sempre com consciência e responsabilidade, pois ''todo ato traz consequências'', e dependendo do caso, pode levar vidas e vidas pra que a gente resolva essas questões, mal resolvidas, por isso quanto mais conscientes e responsáveis por nós mesmos, mais perto do CRIADOR, da LUZ, da VERDADE, e da EVOLUÇÃO PLENA, rumo a ILUMINAÇÃO. Tudo que for contrário ao espiritual, é o ego da gente, que nos sabota o tempo todo, com pensamentos negativos, e sentimentos de medo, orgulho, insegurança, egoísmo, inveja, vaidade desmedida, ganância e muito outros sentimentos ruíns, que nos desequilibram, causam mal aos outros, e a nós mesmos, pois tudo que emanamos, recebemos de volta, e como consequência, ficamos inevitavelmente, suscetíveis ao sofrimento. 



Lembro claramente que, quando criança, às vezes, lia trechos da Bíblia, por livre e espontânea vontade. Recordo, uma vez, enquanto lia o antigo testamento, em Gênesis, lá estava, um trecho assim: "fulano viveu 900 e tantos anos...era uma lista, e como era criança, acho que não estranhei a vida tão longa desses seres humanos...rs. Outras vezes, lia o Apocalipse, um trecho, falava de anjos, e dragões de 7 cabeças, achava fascinante, kkkk. ''Pulava'' do Gênesis para o Apocalipse, porque? eu não sei...acho que inconscientemente, já queria respostas! Mas aí o tempo foi passando, e parei de ler, do nada.


Era uma criança que pensava coisas do tipo: "Deus está vendo tudo o que faço? mas como? onde está, como é? Ficava imaginando, não queria que ficasse chateado comigo, coisas assim, não recordo se ouvi dos meus pais, que Deus me castigaria, se eu fizesse algo "errado" sabe como é, muitos pais dizem isso aos seus filhos, como repreensão, para ficarem quietas, algo do tipo. 

E não tenho do que reclamar da educação que meus pais me deram, são pessoas simples, e maravilhosas, cada uma sua maneira, é certo que, meu relacionamento com eles,  só foi melhorando cada vez mais com o tempo, apesar de algumas diferenças, principalmente de crenças, e embora eu já seja adulta, eles respeitam minhas escolhas :)

Desde a infância, na minha consciência, Deus sempre estava comigo, era algo natural, Ele não estava longe, separado de mim, era 100 % do tempo comigo, me orientando, me deixando escolher, falando comigo no meu pensamento. Hoje entendo, que era minha Centelha Divina. Por isso , não sentia culpa, por não seguir religião, e não me fazia falta, me sentia segura por pensar assim, mesmo que me cobrassem coisas do tipo: ''Menina, vá a missa!’’...rs.

Ainda criança, acompanhei um pouco a igreja católica, participava de novenas, que minha mãe frequentava. Fui batizada, já estudei 1 ano em escola de freira, mas porque era uma ótima escola, ensino ‘’puxado’’, lembro que dentro da escola, parecia uma igreja, quanto silêncio nos corredores...:)

Com 11 anos de idade, adoeci de repente, (longuissíssima história), até ouvi de certos médicos, que não andaria mais, enfim né...rs, depois de me recuperar, fiquei com a mobilidade reduzida, e tomo remédios contínuos,  mas só tratei o lado físico, e as emoções? sentimentos? não foram ''trabalhados'', carreguei comigo, todos aqueles ''traumas'' na mente. Voltei às minhas atividades na Matrix...😇, como a escola, (deu até saudade agora, enquanto escrevo isso, dos bons momentos) após 2 anos de tratamento. Na parte espiritual, fiz o catecismo e o Crisma, participei pouco das missas, o suficiente pra eu sentir algo estranho, que não me sentia a vontade, algo me incomodava, me sentia um peixe fora d´água, acho que só eu sentia isso, por isso não falava nada.

Da pré-adolescência em diante, cheguei a conclusão, que não precisava de intermediários pra falar com Deus e segui-lo. Passei boa parte da minha vida, fazendo a linha ''zen'', porque a filosofia oriental, sempre me atraiu, naturalmente, me identifiquei, de cara! Quando criança descobri a Seicho-No-Ie, por acaso, mas hoje sei que acasos não existem, e também gostei demais, daquela filosofia, parecida com a física quântica, que mal sabia que um dia conheceria.

Já na fase mais adulta, devido a falta de certa maturidade emocional, e compreensão de como funcionam as coisas, ficava de mal com Deus, nosso relacionamento não estava legal, mas aí... pesava na consciência, e logo eu rezava, conversava com ele nos meus pensamentos, pedia desculpas, perdão. 

Não entendia, como que eu, tão boa menina, sofria de tantos males? Digo, no sentido de ter atraído, tantas situações repetitivas, desagradáveis, negativas, já que passei por bons ''perrengues'' nessa vida! Jesus!...rs. O Bom é que ainda assim, ganhei experiências, aprendi, cresci, e amadureci. Hoje entendo também, que adoeci principalmente por desequilíbrios nas minhas emoções. A doença surge assim, por desequilíbrios, nos campos espirituais, mentais, e emocionais! Nunca subestime seus sentimentos, o ego gosta de sufocar os sentimentos, por medo do que vão pensar, falar, por orgulho, por imaturidade, por vergonha, e etc, só que é uma péssima escolha, pois se paga muito caro depois! Coloque pra fora o que pensa e sente. Caso a situação envolva outra pessoa, e que não saiba lidar com a situação, paciência! Mas fale! Nem que seja para um bom terapeuta 😉

Sempre fui muito questionadora sobre tudo, mas guardava só pra mim, era uma inquietação interior, muito grande, sempre buscando por respostas, o porque do sofrimento, porque das injustiças, porque Deus deixava barbaridades acontecerem? porque fiquei doente? porque tanta desigualdade social?  Coisas assim, e não encontrei essas respostas na religião, ou em religiões similares, que não me tocaram, no meu coração, na minha alma.

Enfim, as respostas que eu buscava persistiram, por longos anos, me torturando, quase me conformando que era assim mesmo, e tal, que somente quando Jesus voltasse, (outro engano, pelo menos, não da forma como aprendemos) é que a coisa melhoraria, ou que só no descanso eterno, haveria o paraíso, e eu poderia me sentir feliz.  O tempo passou, fiquei adulta, e devido às experiências que tive na vida, até pouco tempo antes do ''Despertar'', porque me via insatisfeita com a religião, com o governo, com as empresas, com os relacionamentos, com a escola, com a mídia, nem vejo mais TV, (principalmente jornal, me informo pela net de vez em quando), resolvi continuar minha busca pelas respostas.

Agora entendo, que eu era uma ‘’esponja’’, absorvendo tudo ao meu redor, pois eu sempre tive uma sensibilidade muito grande, e me envolvia com a negatividade muito fácil, e ficava esgotada: mentalmente, emocionalmente, fisicamente, espiritualmente, com o estilo de vida da humanidade, que não fazia sentido para mim,  eu pensava: ''o sistema está errado! Não pode ser assim!'' Eu sentia, que não me encaixava em nada! não por ser melhor que ninguém, não é isso, mas e as minhas escolhas? Tem que ser o que o sistema impõe a mim? Será que era eu o problema? nessa Matrix, e para a Matrix, com certeza! Sentia uma revolta interior, muito grande, incompreensível para muitos.

Desde que o mundo é mundo, qual tem sido a história da humanidade? E pensar, que muitas vezes, culpei a Eva por todo o mal...rs, (já pedi desculpas a ela). Tem sido assim, todos temos que nos encaixar num padrão, aceito como o ‘’normal’’, que ''eles'' ditam, se for diferente, passa a ser visto como ''o esquisito'' da história, porque é sempre a mesma coisa! Em meio ao caos, implantado aqui na terra, essa ''correria doida'' que é a vida cotidiana, onde vive-se somente para o trabalho, de não ter tempo para viver de verdade ''pensar fora da caixa''.

Como diz a música: "tem que pagar pra nascer, pagar pra viver e pagar pra morrer!'' e eu não queria isso pra mim, não importava se eu era ''a doida'', ''a esquisita'' da história, porque eu só queria sair da Matrix, nela nunca me senti em paz de verdade. E tipo assim, todos somos ''peças'' fundamentais, no meio em que atuamos, seja na família, na escola, no trabalho, no bairro, na cidade, e etc, pois não estamos aqui a passeio, nós todos, podemos e devemos fazer a diferença positiva, é questão de escolha. Não pense que não pode fazer nada, é um grande equívoco pensar desta forma, por isso o ''pessoal das trevas'' domina tudo, por nossa omissão, por acreditarmos em ''salvadores'', já que a mudança começa, por nossas próprias atitudes, pensamentos, e sentimentos, ninguém pode pensar por nós, só se permitirmos.

E assim, gente do céu! se as pessoas se interessassem por estudar a Física Quântica, elas entenderiam muita coisa, do que acontece aqui na terra, eu diria tudo! O porque de tudo ser do jeito que é, e não é exagero meu não. Descobri que a física de newton, que predomina até os dias atuais da humanidade, só nos limitou, infelizmente porque é materialista e separatista, na verdade isso não é novidade, mas compreendi o que está por trás. 

Devido a toda esta insatisfação com o sistema deste planeta, certo dia, meditando, me deu um ‘’estalo’’ resolvi pesquisar na hora pela net, e bem depois, nos livros. A informação está mais acessível nos tempos de hoje, graças a Deus! Intuitivamente pesquisei primeiro o espiritismo, de Kardec, de Chico Xavier, que há anos atrás, época da escola, tinha ouvido falar, de forma muito preconceituosa, e na minha ignorância, também fui no fluxo, ignorei. Depois, pesquisei o budismo, que eu já tinha uma ''quedona'' então um quebra-cabeça foi sendo montado, minhas respostas estavam sendo respondidas, tudo fazia sentido pra mim, finalmente! até chegar na espetacular Física Quântica! que fechou com chave de ouro, pois ela explica a realidade última do universo.

Sinto que fui guiada, pra entender, uma coisa de cada vez, pra não ficar ''cafusa''...😖  e não caír de paraquedas no assunto... uhuuu!  Gratidão Universo!

Na verdade, antes do Despertar, não acreditava em reencarnação, porque não aceitava ter outro corpo, outra rosto, outra história, minha nossa, quanto ego temos!...rs, porque não entendia, e me parecia injusto esse processo todo, mas hoje entendo que era o dito cujo do meu ego, dizendo que não podia ser real, querendo as coisas do meu jeito, e não do Criador. A hipnoterapia, está ai pra provar, que vida passada existe sim, pois as pessoas por mais criativas que sejam, não conseguem inventar todas aquelas histórias, durante o transe hipnótico, segundo os especialistas da área. Percebo que a questão é, a não aceitação das pessoas, eu era uma delas :)

Compreendi, que essa vida na terra, não é a real e única, é apenas uma das experiências que vivemos na ''matéria entre aspas''). ''Não somos seres humanos vivendo uma experiência espiritual, somos seres espirituais vivendo uma experiência humana.'' (Frase de Teilhard de Chardin)

Recomendo fortemente, a quem se interessar, que aprendam Física Quântica, que é pura Ciência, não é ''achismo'' viu, há infinitos experimentos que comprovam, a prova é ''gritante''. Por enquanto, somente posso falar e indicar o Professor Hélio Couto, por livre e espontânea vontade, pois foi à ele, que me enviaram. Digo ''me enviaram'', porque sinto que fui guiada, intuída, pela minha espiritualidade, e por acompanhar seu trabalho, confio muito, é um ser de muita luz, explica de um jeito que todo mundo consegue entender, ''mastigado''. 

Importante: O professor não se comporta como ''Guru'', cada pessoa tem seu jeito, ele tem o dele, e eu gosto, sinto uma grande admiração e respeito, o vejo como um mestre, sabe aquele professor querido e sábio, que se admira? que fala com propriedade o que já viveu, experienciou, e nesse assunto aqui no Brasil e no mundo, o reconheço sim em Física Quântica. Seu trabalho é muito importante, fez uma grande diferença positiva na minha vida, à ele minha eterna Gratidão 💜💚 .  


As pessoas, mais esclarecidas no meio espiritual, são como guias, que trabalham para o Criador, e cabe a cada um de nós, a cada pessoa, não transformá-los em Gurus, ou seus Salvadores. Aqueles que se acham ''gurus'', tem ainda uma grande aprendizagem pela frente na área espiritual, pois o ego, tá atuando ainda fortemente no seu ser.



E nós quando aprendemos, também nos tornamos um deles, se assim desejarmos, no fundo da alma. A tendência, é que isso ocorra, cedo ou tarde, claro que, quanto mais cedo melhor! Nosso livre-arbítrio é respeitado (desde que esteja dentro dos limites). 



Cada um tem seu próprio tempo, seu processo de amadurecimento, mesmo que se leve vidas e vidas, milênios, éons. A Fonte é paciente, temos a eternidade, mas quanto antes... já que é melhor crescer, evoluír, amadurecer pelo Amor, do que pela dor!



O Criador é tão grandioso, que não obriga ninguém, respeita a crença de todos, mesmo daquele que não acredita nele, daquele que ''ignora'' a Centelha Divina que há em sí.


No site do professor Hélio, tem a plataforma de cursos, pagos e grátis, os Dvds (O Caminho das palestras), são gratuitos, é muito importante, seguir a ordem dos vídeos, pra compreensão e assimilação do conteúdo, de forma efetiva, tem alguns no Youtube, mas o professor não recomenda, pois podem ter sido alterados, fora de contexto. 

Para quem resolver conferir, vá de coração aberto, e mente aberta, muita paciência pra assistir os longos vídeos, eu tive uma ''quebra total'' de paradigmas, ao ouvi-lo, não tive resistência, aceitei de boa, porque fez total sentido pra mim. Depois que se expande a consciência, é caminho sem volta, mas é algo muito bom, uma libertação.

Esqueci de mencionar outras pessoas que conheci depois, e que complementam muitíssimo meus aprendizados, um deles é o Professor Laércio Fonseca, que também fala de tudo isso, conhecido carinhosamente como Lalá...rs, ele é muito divertido, link do canal dele no Youtube aqui e também sigo o canal no Youtube da Maria Pereda que fala também Física Quântica, e da verdadeira história da humanidade, da ''arqueologia proibida'', link aqui para quem quiser conferir também, se desejar, e estiver preparado! 

Hoje sei, quero dizer, recordei, que Deus não castiga e não coloca obstáculos na vida de ninguém, pois finalmente compreendi, somos 100% responsáveis por tudo o que acontece com a gente, e sei que isso dói no ego inicialmente, porque criamos também nossas próprias mazelas!  conscientes e/ou inconscientes, eis a importância do VIGIAI E ORAI, em tempo integral, já que de acordo com nossas crenças, virará realidade, e isso acontece vida após vida, o visível, surge do invisível. 

Deus não tem culpa, não é aquele velhinho de barba, que nos castiga por mal comportamento, Deus, (o Todo, Fonte) é uma energia, literalmente! a maior consciência, energia de amor incondicional, onisciente, onipresente e onipotente, Deus é tudo o que existe, é por isso, que não tem nada que aconteça no universo, do qual Ele não saiba! porque está em tudo, porque é Tudo! 

''Nada é impossível, porque a Fonte é um ser Divinal, é o próprio Amor, supremo, sobrenatural, portanto, o sobrenatural é natural!'' Deus é Amor incondicional, que sempre nos dá chance, de recomeçar, e fazer melhor. Eu desejo muita luz na vida de todos, esse planeta e as pessoas precisam muito! E que sempre prevaleça o Amor! 

Namastê! ★💜


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *