sábado, 26 de dezembro de 2015

Meia Pérola Para Customizar Camiseta de Ano Novo - Diy

Olá, saudações amigos, tudo bem? como o novo ano se aproxima...resolvi personalizar uma camiseta branca, cor da paz. É a última deste ano, e pensei em pérolas, que na minha opinião, trazem um ''ar de'' sofisticação, leveza, classe, e por serem delicadas, caem muito bem, a quem adora um estilo romântico. Usei meia pérola branca, da cor da camiseta.



A pérola verdadeira, ou seja, natural...produzida pela ostra, surge de uma forma muito interessante, se ela não for ferida, não produzirá pérola. É uma bela metáfora, entendo que é coisa de Deus, usando a natureza sabiamente como sempre, para nos fazer refletir sobre a vida. 

Tem uma frase conhecida, de Rubem Alves que diz: ''Ostra Feliz Não Faz Pérola''.


''A pérola é o resultado de uma reação natural do molusco contra invasores externos, como certos parasitas que procuram reproduzir-se em seu interior. Para isso, esses organismos perfuram a concha e se alojam no manto, uma fina camada de tecido que protege as vísceras da ostra. Ao defender-se do intruso, ela o ataca com uma substância segregada pelo manto, chamada nácar ou madrepérola, depositada sobre o invasor em camadas concêntricas, essa substância cristaliza-se rapidamente, isolando o perigo e formando uma pequena bolota rígida. O tempo médio de maturação de uma pérola é de três anos. Como a ostra já se defende muito bem de invasores com sua concha, o fenômeno é raro, acontecendo, na natureza, em apenas um, em cada 10 000 animais.''



Fonte de pesquisa: o trecho acima, é do site: Mundo Estranho.


Acontece que o homem deu um ''jeitinho'' de acelerar esse processo, como os asiáticos: Japoneses, Chineses e Coreanos. Não entendi muito bem sobre a técnica utilizada, não sei se é uma coisa ''legal'', no sentido de ser correto, ferir mais a pobre da ostra, de uma maneira ''forçada'', pra produzir mais pérolas, devido ao comércio, já que são valiosas, enfim...se alguém tiver conhecimento e puder me esclarecer, agradeço.


Existem diversos tipos de pérolas, se quiser conhecer, veja neste site: Mundo das Pérolas.



Customização:


A pérola é muito usada nas customizações. Mas pensando em praticidade, rapidez, e um resultado tão legal quanto um pérola inteira... usei meia pérola! Não cortei ao meio não...(rs), no mercado encontramos prontinhas para uso, nem precisa costurar, basta uma cola apropriada, simples e fácil de fazer...:)

As pérolas que usei para esta customização, tem 12 mm de diâmetro, existem menores também, e de cores diversas, as minhas são brancas.

Por-blog-camiseta-arte-estilo


Para aplicar no tecido, testei 2 colinhas, aquela de Lantejoulas, e a Pegamil. Deixei de um dia para o outro, eis o resultado:  a de lantejoulas até colou, mas com um ''puxão'' soltou da roupa; já a Pegamil, foi ótima para este trabalho, também é muito utilizada no artesanato, e muito recomendada, é uma cola transparente, e no tecido de algodão, bastou alguns segundos pra colar a pérola de forma instantânea, e firme, que não solta.


Fiz da seguinte maneira, não tem um desenho, uma estampa como no post do bordado com lantejoulas, poderia ter feito como naquele caso, a única diferença, é que seriam meias pérolas, ao invés das lantejoulas, nesta customização, eu colei de forma aleatória


Antes de colar a meia pérola, dica: 

Distribua na roupa, para efeito de visualização, como  e onde elas ficarão, como eu fiz: coloquei abaixo da gola, em fileira, e depois na barra, (ambas na parte da frente). 

Depois que decidi que seria daquela forma, tirei uma, passei a cola, e devolvi para o lugar, fazendo em todas, até todas serem coladas, assim o desenho não se perdeu, se eu colasse uma por uma, sem distribuí-las antes na roupa.

IMPORTANTE: Antes de colar a meia pérola, também improvisei uma proteção com um pedaço de papelão, pra não colar o tecido debaixo.


Aplique um pouco da cola, na base da meia pérola, e já coloque no lugar escolhido, pressionando um ''tiquinho''. Essa cola é muito rápida, depois que entra em contato com o tecido, gruda que é uma beleza.


Fiz todo esse processo, decorando a camiseta, mas incrementei com outro ornamento, a fita cetim, esta que tem 4 cm de largura, ''branquinha da silva'', já o comprimento deixei em 1,35 cm, para amarrar na cintura, é um tecido tão leve quanto o da camiseta de algodão, não ficou pesado no visual.


Detalhe importante: para não desfiar as pontinhas da fita cetim, foi preciso um acabamento simples. Dica: melhor fazer um vinco com ferro de passar antes, para facilitar a dobra, depois apliquei a cola pegamil, espalhei um pouquinho, antes de pressionar, pra não manchar e colei, repeti a dobra, mesmo processo, e prontinho.



E antes de fazer todo esse processo de colagem da meia pérola, já tinha customizado a camiseta, com cortes básicos.


Que tal?  parece uma túnica, ou aquelas batas compridinhas, digo que é o meu estilo, adoro esse tipo de blusa, com a cintura bem marcada, e jeans, uso demais da conta! estou tentando me acostumar a outros modelitos, adoraria poder usar mais vestidos, saias longas...:)



Deixei minhas fotos estilizadas, pra ''disfarçar'' o resolução ruim, já que pra ter maior controle das selfies, uso a câmera frontal, que não é a melhor, mas enfim...apliquei textura e filtro vintage, pra dar um toque de foto antiga, mas como sabemos a camiseta, e todos os acessórios que usei, são brancos, branquinhos da silva!



Essa foi a ideia para personalizar camiseta de ano novo, com pérola ou meia pérola, mas podemos aplicar essas ''belezinhas'' em: jeans, sapatilhas, sapato alto, bolsa, cinto, tiaras, laços, e peças íntimas como o soutien, por exemplo...:)


 Teh+!

segunda-feira, 21 de dezembro de 2015

Molde Em Recorte Vazado Para Customizar Camiseta

Molde vazado de papel sulfite - Asas de Anjo

Olá pessoal, eu de novo, e desta vez... o assunto é molde em recorte vazado. É um complemento deste outro sobre: modelos de cortes criativos. Redesenhei alguns desses modelos. 




Havia postado algumas fotos como sugestão, mas pensei que seria melhor, demonstrar que dá pra fazer sim, mande a preguiça pra lá, se este for o seu caso, para não personalizar...:)

Nova Customização, ver aqui



Para qualquer tipo de customização, lhes digo uma coisa: paciência é muitíssimo importante! não precisa fazer tudo de uma vez não, a pressa é inimiga da perfeição viu, e devagar, devagarinho é possível fazer um pouco agora, continuar depois, até finalizar a peça.




Escolhi esse desenho com asas de anjo, o tamanho é A4 (sulfite), mas na verdade gostaria dele maior, só que optei por deixar nessa medida mesmo. 





Para ampliar o desenho, procure um lugar em que imprimam a imagem no tamanho A3, geralmente são locais que fazem cópias de documentos, impressões e etc.


Então, vamos as etapas que segui, pra esse resultado, o meu modo de fazer essa customização. Coloquei as asas mais abaixo da gola, porque futuramente, posso querer fazer algo mais na parte de cima da gola.



Customização:

Parte 1 - Molde vazado de papel sulfite


Nessa customização, ''foquei'' somente no recorte do molde, não daria tempo de elaborar algo mais nesta camiseta, porque tenho mais uma pra fazer antes do final do ano, espero que eu consiga postar a tempo...:)


Primeiro imprimi o desenho. As partes que estão em cinza, simbolizam as peninhas da asa, temos que tirá-las do papel, ou seja, deixar toda essa área vazada.


Para isso, usei um estilete, pra abrir caminho para a tesoura, um corte de leve, assim não rasgamos o papel, se feito de outra forma, mas... atenção aí crianças, cuidado!


E com a tesoura terminei de cortar todas as peninhas, uma a uma...Ficou assim...(:



Parte 2- Cortar o tecido da camiseta

Usei o mesmo molde para as 2 asas é só inverter os lados depois, preferi dobrar a camiseta ao meio, apliquei o desenho nas costas...:)


Posicionei o molde, e devido a camiseta ser escura, usei um lápis de cor branco aquarelado, pra fazer a marcação, passando por todas as áreas vazadas. Dica: umedeça a ponta do lápis, como é aquarelável,  ficará mais visível, facilitando o corte do tecido.


Ao terminar, virei o molde do lado oposto, para fazer a outra asa, do outro lado. É importante prestar atenção na posição correta dos desenhos, antes de marcar o tecido, só isso.



Mas se quiser, dá pra fazer com ela aberta, sem problemas, achei que dobrada, seria mais fácil. 



Para cortar o tecido é o mesmo processo do papel, mas como? aí, neste caso, o estilete não funciona. Então peguei a tesoura, escolhi uma das peninhas, e com um beliscão, movimento de pinça com os dedos sabe? "picotei" , com a tesoura...


O que fez um furo de leve, sem danificar a área, caminho aberto para finalizar o corte com a tesoura, que é retirar toda essa parte que representa a pena da asa...:)



Repeti o mesmo em todas as penas da asa, sim minha gente, repito: paciência é tudo nesses momentos, mas não é simples? o resultado é bem legal...:)



Uma outra dica, utilizando este mesmo molde: ao invés de cortar o tecido no final da marcação, é só preencher esses espaços (peninhas) com caneta para tecido, ou seja, pintar a área, e não cortar como fizemos...:) Teh+ !



Imprimir




quinta-feira, 10 de dezembro de 2015

Estampa Mickey Mouse - Diy

Olá amigos, como estão todos? espero que bem. Ultimamente, a minha cabeça, está ''fervilhando de ideias'', são tantas, que falo pra mim mesma: ''calma menina! uma coisa de cada vez, você é uma só!'' ...:)

Quero compartilhar uma pequena e modesta série de estampas, de acordo com essas ideias que estão aflorando. 

Todas as camisetas que personalizo, e compartilho aqui no blog, são daquelas tradicionais, não é do tipo babylook, ou outro modelo de blusa, o que não nos impedirá de fazer estas estampas, nestes outros estilos também, se assim desejar.

Para este artigo...estampei uma silhueta do Mickey Mouse. É bem fácil de fazer. Mais adiante, nos próximos posts, vou ''complicar'' um pouco, com desenhos mais detalhados...:)



Um pouco da história de como surgiu o Mickey Mouse...

O ratinho mais famoso do mundo, foi criado em 18 de Novembro de 1928 por Walt Disney e o desenhista Ub Iwerks. Antes de ser batizado de Mickey Mouse, era chamado de Mortimer, portanto este foi seu primeiro nome. 

E por sugestão de Lillian Bounds, a esposa de Walt Disney, o personagem teve seu nome alterado para Mickey Mouse, ela considerava o primeiro nome muito formal, para o desenho.


Walt Disney, também dublou o personagem por 18 anos (de 1928 a 1946). Depois foi a vez de James G. MacDonald, e em 1977, Wayne Allwine, sendo este, aprendiz de James G. MacDonald. Wayne, dublou até a sua morte, em 2009. Atualmente, quem dá voz ao personagem, é Bret Iwan.

Fonte da informação: Amigo Wikipédia.

Momento inspiração:


''E assim, depois de muito esperar, num dia como outro qualquer, decidi triunfar...

Decidi não esperar as oportunidades e sim, eu mesmo buscá-las.

Decidi ver cada problema como uma oportunidade de encontrar uma solução.

Decidi ver cada deserto como uma possibilidade de encontrar um oásis.

Decidi ver cada noite como um mistério a resolver.

Decidi ver cada dia como uma nova oportunidade de ser feliz.

Naquele dia descobri que meu único rival não era mais que minhas próprias limitações e que enfrentá-las era a única e melhor forma de as superar.

Naquele dia, descobri que eu não era o melhor e que talvez eu nunca tivesse sido.
Deixei de me importar com quem ganha ou perde.

Agora me importa simplesmente saber melhor o que fazer.

Aprendi que o difícil não é chegar lá em cima, e sim deixar de subir.

Aprendi que o melhor triunfo é poder chamar alguém de"amigo".

Descobri que o amor é mais que um simples estado de enamoramento, "o amor é uma filosofia de vida".

Naquele dia, deixei de ser um reflexo dos meus escassos triunfos passados e passei a ser uma tênue luz no presente.

Aprendi que de nada serve ser luz se não iluminar o caminho dos demais.

Naquele dia, decidi trocar tantas coisas...

Naquele dia, aprendi que os sonhos existem para tornar-se realidade.

E desde aquele dia já não durmo para descansar... simplesmente durmo para sonhar.''

(Walt Disney)


Para esta estampa, usei molde de papel sulfite mesmo. Imprimi o desenho, que estará aqui no final do post. E como no post anterior, dos moldes em miniatura, para o contorno usei caneta para tecido, e neste caso, para o preenchimento do desenho, que é maior, a tinta tradicional líquida, por isso, escolhi um pincel de cerdas largas para aplicá-la. 



Customização:

Materiais para estampar



Importante: Não esqueça de colocar por baixo, um pedaço de papelão pra proteger a parte de trás da blusa.



Inicialmente, numa superfície plana, com o molde pronto (recortado), coloque no centro da camiseta, costumo medir, uns 4 dedos abaixo da gola. Também usei fita crepe pra deixar o molde mais estabilizado. 



No primeiro contorno, usei um lápis de cor, já tá velhinho, nem uso muito, é daquele aquarelável da Faber Castell, achei bom o resultado para a marcação. Feito isso, passei o segundo contorno, com a caneta para tecido, por cima do lápis.



Obs.:Não tem problema, se ficar um contorno não muito ''certinho'', é só retocar no final, com todo o tempo do mundo, não tenha pressa...:)


Agora, é a hora de preencher o desenho com a tinta para tecido, novamente usei a marca Acrilex. Usei um pincel de cerdas largas.


Obs.: é importante que esteja limpo, pra não danificar na hora da pintura, com algum resíduo de poeira, ou fiapos soltos, e etc. 


Com cuidado, preenchi o desenho, começo da borda para o centro. Tem que ter uma atenção maior pra não ''borrar'' ,e não passar da área do desenho que não queremos pintar, mas como disse antes, sem pressa, tudo dará certo...:) terminei a pintura, e deixei secar, estampa pronta.


Na barra, cortei aquele U espaçado. Basta dobrá-la ao meio, com um único corte, ao abrir a camiseta, às vezes... a tesoura não ajuda, então precisei aparar as arestas.


Se quiser parar por aqui é isso, dessa vez, não sugeri corte na gola, e nas mangas, só dobrei cada uma delas, umas 3 vezes.


Mas se quiserem personalizar, a ideia é fazer assim: com a camiseta dobrada, fiz uma marcação com giz, como ilustrado no desenho abaixo.


Depois fiz vários cortes, são as tiras, que vão seguindo o contorno do giz, até o limite dele. Do mesmo ''jeitinho'' quando fazemos as franjas na barra da camiseta. 

Porque dobrei para cortar as franjas? porque, sendo os cortes das tiras com a camiseta dobrada, dará o número exato, cada par estará formado, pra amarrarmos depois, não vai sobrar, nem faltar tira, entende?


Depois de cortadas, as linha estarão ''enfraquecidas'' , é preciso ''rompê-las'' digo a costura que une essas tiras, como? puxando de leve, e retirar os restos de linha, depois, em cada par, dei 2 nós, até fechar toda a lateral da blusa.


A foto abaixo, ilustra os detalhes das franjinhas amarradas...(:


No meu ver, é isso que torna a customização interessante, a possibilidade de transformar uma peça, do jeito que a gente quiser e puder, o que torna a peça diferente e exclusiva....:)



Imprimir



Teh+! pessoal, já estou pensando na próxima...:)

sexta-feira, 4 de dezembro de 2015

Moldes Criados Com Tampa de Pote de Sorvete Para Estampa + Customização


Nova utilidade para a tampa de pote de sorvete

Oi pra todo mundo, tudo bem gente? neste artigo, gostaria de compartilhar com vocês, uma ideia mirabolante! é nada, coisa simples demais viu, é uma outra forma de criarmos uma estampa personalizada, manualmente. Qualquer pessoa conseguirá fazê-los. Os moldes em miniatura, são nada mais, nada menos, do que recortes.  A tampa de pote de sorvete é um material resistente, e ao mesmo tempo flexível, e bastou uma tesoura ''normalzinha'', pra recortar as silhuetas, a minha é de costura, e olha que, não é das melhores...:)


Nova customização, ver Parte 2 aqui


Muitas artesãs utilizam a embalagem, nos seus trabalhos, donas de casa os reaproveitam como recipientes na cozinha, outros ''adaptam''  este simpático pote colorido, como vaso para uma planta, e por aí vai, existem muitas formas de reaproveitá-los...:)



Os moldes, funcionam no sentido de manter os traços certos, desde o início, já que sem eles, se errarmos o desenho no tecido, não tem como apagar com a borracha ...:)

Momento Eureka...:P

Como fazer?


Antes de fazer os moldes finais, no plástico, precisamos de desenhos como base, impressos no papel, (somente o contorno), recortados. Dica: escolha desenhos de contornos simples, fica mais fácil na hora de cortar, a intenção aqui é simplificar e não complicar né...:)



Então, do papel passei para a tampa, usando uma caneta esferográfica mesmo, na parte de baixo da tampa, (área fosca), a tinta adere mais fácil, mas pode usar canetinha ou até lápis. 



Para cortar os moldes, usei uma tesoura normal, um pouco de paciência e cuidado no recorte, ficaram prontos...:) 



Hora de Estampar...


Bastou colocá-lo sobre a camiseta, e com uma caneta para tecido de algodão, cor preta, fazer o contorno ao redor. Essa caneta é da marca Acrilpen da Acrilex, acho que é a mais conhecida, gosto demais dela, mas pode ser outra que você conheça ou encontre, seja nos armarinhos, bazares, papelarias da vida, e etc, esses lugares pra mim são o paraíso...:)



acrilex

Coloquei uma fita crepe embaixo, só pra ajudar a estabilizar o molde no tecido, e passei o contorno ao redor do molde, com cuidado pra não manchar, o retirei. Repeti os desenhos nas áreas que eu queria, depois foi só preencher o desenho com a caneta, são pequenos, nem é trabalhoso, é terapêutico.


Importante: antes de começar a desenhar e pintar, coloquei por baixo da camiseta um pedaço de papelão, pra evitar manchas na parte de baixo do tecido. Não esqueça! quando fizer a sua, pode por tudo a perder...:)



Fiz os desenhos somente na parte da frente, mas dá pra fazer do jeito que preferirmos. Simples né?  


Customização:
Para a customização da camiseta, foi um ''tiquinho'' mais complicado, porque fiz cortes diferentes na frente e atrás mas sem problemas, respire fundo, é só não se ''afobar no processo da coisa'',  tente alinhar as costuras, junte ponta com ponta, use o giz pra orientar nos riscos, tesoura afiada,  uma superfície plana, tudo dará certo, qualquer coisa vá aparando as possíveis irregularidades dos cortes...:)



Usei a caneta para tecido, de cor preta, justamente pelo contraste com o amarelo, destacou mais a arte da camiseta.



Estes moldes podem ser reaproveitados para outras estampas depois, ou descartados para reciclagem, de preferência. Aqui no final do artigo, tem algumas sugestões de desenhos fáceis para fazer arte na camiseta, impressão A4 mesmo...:) 


Se não gostar desse modelo, com as pontas soltas na frente, que tal amarrá-las? 



Já dá pra fazer a sua própria estampa, que tal? Ah, esqueci de dizer, depois da arte pronta, a tinta até que seca bem rápido. E para lavar a peça, é preciso aguardar 72 horas.

Teh + !





Imprimir



Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *