sexta-feira, 19 de junho de 2015

Como Surgiu a Camiseta?

Oi pessoal, ''olha eu aqui travez''... desde que fiz esse blog, no decorrer do tempo, e na medida do possível, vou incrementando uma coisa aqui, outra ali... muita coisa foi mudando, embora eu aborde outros temas, relacionados a arte, artesanato, apps, e tal... não vou deixar de abordar o tema principal : a Camiseta!


Assim como o jeans, o tênis, e a cor preta, considero a camiseta, tão básica quanto todos estes itens citados. O fato é que ela está presente no guarda roupa de todos nós, ou da maioria, desde o público jovem, o mais adepto a moda, e claro homens, mulheres, crianças e idosos também. As estampas abordam temas: artísticos, políticos, humorísticos, e muitos outros.


No caso das estampas que desenvolvo para o Camiseta Arte Estilo, na Zazzle, pertencem a categoria artística da coisa. São ilustrações, desenhos meus, que criei, como artes digitais.

A camiseta se tornou um item fashion, versátil, confortável, que se adapta a qualquer estilo, nos permite uma infinidade de combinações, além de ser fácil customizar e reciclar...:)



E você sabe como surgiu a Camiseta? ou T-Shirt, como também é conhecida?


Pois bem amigos, fui atrás e, descobri que é uma longa história, se tiver um tempinho, e paciência, me sigam nesse texto, e ''senta que lá vem a história''...:)



Pois vejam só, a camiseta era uma peça de roupa íntima masculina, roupa de baixo! usada por baixo das camisas sociais. Ainda restrita a Europa neste tempo, elas, as camisetas, protegiam o corpo da transpiração, das mudanças de temperatura: frio, calor.. e para conservar suas camisas, a fim de evitar os possíveis rasgos, os trabalhadores braçais, usavam somente a camiseta para trabalhar.


Então, as camisetas se tornaram peças oficiais do vestuário masculino, principalmente depois da guerra, onde os soldados a revelaram, para o mundo. 

Acompanhem comigo...Sigam-me os bons!

Na 1ª Guerra Mundial - Soldados europeus usavam, por baixo dos uniformes, camisetas feitas de algodão, portanto, muito confortáveis. Enquanto isso, os americanos, morriam de calor em seus uniformes de lã, claro, adoraram a novidade, e a levaram para os Estados Unidos. 

Devido ao design em formato de T da camiseta, a peça ficou conhecida como T-shirt, em inglês...:)


Já na 2ª Guerra Mundial - A camiseta é peça-chave no uniforme da Marinha e do Exército Americano. Ainda é considerada roupa de baixo, mas o público acostumou-se a ver nas revistas, fotos dos soldados com camiseta, sem camisa por cima, fazendo trabalhos pesados, ou em lugares quentes.



Pesquisando imagens no google, sobre os soldados e seus uniformes na época, encontrei esta curiosidade, ver foto abaixo, (edição do jornal Cruzeiro do Sul) onde um soldado brasileiro, aparece sorridente... ( Obs.: Ative sua visão de raio x,  e note que tem uma camiseta branca por baixo do camisa do uniforme dele, não tem?...:) )



Antes da adesão ao conflito uma expressão se popularizou no Brasil, "é mais fácil uma cobra fumar do que o Brasil entrar na guerra" por isso a ironia no sorriso deste simpático soldado...:)



Mais no site: segundaguerra.net/



Então... voltando ao assunto camiseta,  a moda se espalhou de vez, com a revolução industrial, no século 18, nessa época, novas máquinas de produção de malha, começavam a fazer parte da indústria têxtil.

Por aqui no Brasil, a indústria se desenvolveu para esta moda, somente em meados do século 19, na Bahia, Minas Gerais e Rio de Janeiro. Esses lugares, se destacavam pela utilização de algodão na confecção.

Imagens: Google

O cinema de Hollywood e suas estrelas, também deram uma forcinha pra camiseta decolar rumo ao sucesso, quando em 1951, eis que Marlon Brando, apareceu de camiseta no filme: Um Bonde Chamado Desejo, que destacava seus músculos definidos. A partir dessa época, a camiseta sem camisa por cima passou a fazer parte do vestuário, das pessoas também na vida civil.

O poster do filme, não encontrei, mas pela capa do livro, da pra se ter uma ideia...do assunto na época...:)



Já em 1955, é a vez de James Dean, que aparece de camiseta em: Juventude Transviada. A Camiseta virou então, sinônimo de rebeldia e contestação, porque não era considerado adequado ficarem sem mangas nessa época. Mas as crianças continuaram, usando a camiseta por baixo da roupa, da camisa.




Nos anos 60, a camiseta era porta-voz de mensagens que contestavam os  valores da sociedade. Em movimentos contra a guerra e a favor da liberdade, a camiseta surgiu em cores psicodélicas. Os hippies, traziam mensagens de paz, na linha do “Faça Amor, Não Faça Guerra”. Nessa época, as mulheres também passaram a usar a peça, que se tornou unissex.



Durante os anos 70, a moda unissex transmitia a ideia de liberdade. As camisetas eram usadas tanto como meio de expressão, quanto como meio de propaganda.



Nos anos 80, as t-shirts eram coloridas e podiam transmitir algo, através de desenhos, palavras e frases de efeito. Foi a década dos yuppies, jovens ligados ao consumismo e ao individualismo, a moda passou a ser ostentação de dinheiro e poder, e a camiseta começou a trazer as marcas das grifes. (A Foto abaixo, retrata o estilo Yuppie de ser).


Foto site: Shopping Del Paseo


Nos 90, a falta de ideologia dos jovens da década, apareceu nas roupas largas e largadas dos grunges. A camiseta era usada por qualquer segmento da sociedade, sem comprometimento com causas, ideologias ou faixa etária.





Já nos 2000, não haviam mais regras, já era permitido dar a camiseta um toque pessoal, personalizado através das customizações. As grandes marcas começaram a investir mais nas linhas infantis, e cada vez mais peças voltadas a esse público eram e são produzidas, até os dias atuais...:)


Imagem: Pinterest

Outras curiosidades ...

Na Antigüidade - Os romanos usavam uma túnica dupla, que era chamada camisia, considerada a ancestral das camisetas. Era na maioria das vezes de cor branca, feita quase sempre de linho, e era usada por baixo da túnica, para proteger da transpiração. No Século 4 - A camisia continuava a ser usada por baixo das peças em Constantinopla. Os tecidos dessas peças, consideradas superiores, por serem muito ricos, bordados com ouro, prata e pedras preciosas, não permitia que fossem lavados. A camisia por sua vez, era usada por baixo dessas peças nobres justamente para evitar que se sujassem.



Em 1516, o italiano Michelangelo terminou sua estátua: O Escravo Moribundo, que retratava um homem vestido somente com uma peça de roupa, muito diferente das usadas naquela época: uma camiseta regata. Muito ousado para a época, a moda não vingou.



Ufa! Muita coisa né? também aprendo muito com essas buscas, acabei encontrando muitos blogs amigos, do universo das T-Shirts, entre eles o Camisetas Custom Shirts, minha fonte de pesquisa e informação, do qual extraí e adaptei boa parte do texto, neste post...:)


Agradeço a sua visita! Teh +!


Nova Lojinha de Camiseta No Site Montink

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...